Segunda - Sexta 07:00 - 19:00

2º Sábado de cada mês

(11) 3021-5251

WhatsApp / Fixo

(11) 3021-3678

Fixo

 

Todo munda pensa (errado) que zumbido é coisa da 3ª idade

Todo munda pensa (errado) que zumbido é coisa da 3ª idade

Com a seriedade de sempre, já tivemos oportunidade de realizar 2 pesquisas aprovadas e financiadas pela FAPESP sobre zumbido em crianças e adolescentes.

Nelas foram estudadas 506 crianças entre 5 e 12 anos, moradoras de Lajeado, RS (Coelho et al, 2007) e 170 adolescentes de 11 a 17 anos, moradores de São Paulo (Sanchez et al, 2016).

Usando questionários comuns às pesquisas científicas dessa natureza, surpreendentemente vimos que o zumbido foi relatado por mais estudantes do que imaginávamos (37,7% das crianças e 54,7% dos adolescentes).

Destaques comuns entre essas pesquisas foram:
1. crianças e adolescentes apresentam zumbido de modo semelhante aos adultos, mas raramente reclamam ou mencionam o problema espontaneamente;
2. as queixas mais frequentes associadas ao zumbido foram: dificuldade para dormir e concentrar;
3. a audiometria manteve-se normal na quase totlidade dos casos, o que não acontece nos adultos com zumbido;
4. houve associação entre zumbido e exposição a sons altos, chegando a alcançar 51% na pesquisa com adolescentes.

Devido a esse conhecimento, passamos a dar mais valor ao fato de que o zumbido pode estar dentro de casa e da escola, porém passando despercebido por pais e professores!

Estudantes com zumbido podem apresentar insônia, falta de concentração, fadiga crônica, irritabilidade, ansiedade, dificuldade de relacionamentos e desmotivação para aprendizagem na escola. Esses sintomas já fazem valer o benefício da investigação precoce.

Como o diagnóstico depende da percepção do próprio paciente ser informada a um adulto, sugerimos aos pais que perguntem aos filhos se ouvem um barulho nos ouvidos ou na cabeça em momentos silenciosos, como antes de dormir. Também sugerimos aos professores que atentem aos alunos que apresentam dificuldades escolares.

Faz sentido para nós que o diagnóstico precoce de um sintoma surpreendentemente comum nessa faixa etária, porém pouco avaliado por falta de informação, possa trazer benefícios dentro da família e da escola.

 

O Instituto Ganz Sanchez disponibiliza MUITO MATERIAL GRATUITO e DE QUALIDADE na TV Zumbido e nas redes sociais (Facebook, Instagram e Youtube) para ajudar a população. Aproveite para (re)vê-los e saber mais sobre isso!

E se você prefere material mais focado para descobrir detalhes, disponibilizamos 2 produtos:

1) O treinamento online o “ABC…Z DO ZUMBIDO” é dinâmico e direto ao ponto. Os 3 módulos “Entendendo o Zumbido”, “Investigando o Zumbido” e “Tratando o Zumbido” ajudam tanto para o público que sofre como os profissionais que atendemAssista uma aula grátis!

2) O livro “QUEM DISSE QUE ZUMBIDO NÃO TEM CURA?” é leitura fácil e rápida para otimizar o tempo.

Caso precise de consulta online, também estamos preparados para ajudar de modo personalizado! Escreva para [email protected] ou mande uma mensagem de whatsapp para 11-3021-5251.