Segunda - Sexta 07:00 - 19:00

2º Sábado de cada mês

(11) 3021-5251

WhatsApp / Fixo

(11) 3021-3678

Fixo

TERAPIAS HOLÍSTICAS E SUA RELAÇÃO COM O ZUMBIDO

TERAPIAS HOLÍSTICAS E SUA RELAÇÃO COM O ZUMBIDO

Já ficou achando que se enganou de blog – e está lendo uma coisa esotérica – só por causa da palavra “holísticas”? Não, né??

Nosso último GANZ foi sobre isso: quais os melhores candidatos para tratar o zumbido com terapias holísticas. Quer saber de onde veio isso?

Vai fazer 20 anos que a gente tenta descobrir o melhor caminho para cada um dos pacientes com zumbido. Sim, porque eu já desisti da ideia de que vai haver um único caminho para todo mundo com zumbido. Isso seria simplista demais para um problema que é super hiper mega variável em termos de tipo sonoro que podem se apresentar, de causas que podem provocá-lo e de perfil de pacientes que podem sofrer com ele! Então, pela lógica, não dá para colocar todo mundo no mesmo caminho sem personalizar de acordo com a necessidade.

No Brasil, cresce rapidamente o número de pessoas que não quer mais se tratar com alopatia. Eu respeito muito isso, já que os efeitos colaterais realmente não são desprezíveis. Por isso, uma série de coisas “alternativas” continuam aparecendo sem parar.

Claro que isso pode ser um perigo, sim! Mas deixando o riso do charlatanismo de lado e pensando exclusivamente na técnica holística em si, elas muitas vezes vão bem mais fundo na análise das variáveis de cada paciente do que a própria medicina convencional, que muitas vezes só se atém ao detalhe e não analisa o todo.

Olhem essa definição: “Terapia Holística é o nome dado a qualquer terapia / tratamento que siga os princípios do holismo, ou seja, que aborda o problema a ser tratado como um todo, não através de uma visão fragmentada do real. A abordagem holística acredita que os elementos emocional, mental, espiritual e físico de cada pessoa formam um sistema e objetiva tratar de toda a pessoa em seu contexto, concentrando-se tanto na causa da doença como dos sintomas”.
Sempre falo que minha formação de Medicina na USP foi 100% tradicional. Porém, com as inúmeras histórias consistentes que os pacientes me contam sobre outros tratamentos que eles fizeram, aprendi a perder o preconceito e olhar tudo sob outro ângulo. Ainda há muito para eu aprender sobre essas técnicas que a maioria rejeita, mas eu ainda vou conseguir!

Por ter virado especialidade médica, a acupuntura já não sofre mais tanto preconceito quanto antes… Ela mudou? Não, a cabeça dos ocidentais é que mudou aos poucos e começou a ver lógica nessa técnica que já era praticada há mais de 5000 anos no oriente. Minhapergunta: pecisava de tanta demora para aceitar? Cada vez que vejo essas histórias eu penso em como a gente perde tempo nessa vida querendo inúmeras provas para aceitar uma coisa que já provou que funciona há milênios…

Bem, por isso resolvemos colocar no último GANZ de 2013 uma pequena pincelada sobre acupuntura. Foi bem legal! Falar sobre isso faz com que os pacientes tenham mais esperança.

De qualquer modo, quero que as pessoas possam ir abrindo a cabeça aos poucos porque tem muitas outras coisas legais para virem, holísticas ou não! O importante é que cada paciente encontre seu melhor caminho e nada como ter opções diversificadas para isso!!!

Alguém aí já melhorou do zumbido com uma opção holística, depois de ouvir de um médico que só esta aprender a conviver com esse incômodo? Conta prá gente!